Somos tão jovens...
Eu chorei porque eu te amo mas eu não sei amar. Eu chorei porque eu sempre canso de tudo e tudo sempre cansa de mim. Chorei de cansaço profundo de sempre cansar de tudo e tudo sempre cansar de mim...
Não TE QUERO senão porque te quero
e de querer-te a não te querer eu quero
e de esperar-te quando não te espero
passa o meu coração de frio ao fogo.
Te quero só porque a ti eu te quero,
do ódio sem fim, e a odiando-te rogo,
e a medida de meu amor viajante
é não ver-te e amar-te como um cego.
Talvez consumirá a luz de janeiro,
seu raio cruel, meu coração inteiro,
roubando-me a chave do sossego.
Nesta historia tão só eu me faleço
e morro de amor porque te quero,
porque te quero, amor, o sangue e fogo.
Pablo Neruda (via oxigenio-dapalavra)

Foi muito lindo você ter vindo sempre sorrindo, dizendo que não tem de quê. Eu agradeço você ter me virado do avesso e ensinado a viver. Eu reconheço que não tem preço gente que gosta de gente assim feito você.
Vinícius de Moraes. (via oxigenio-dapalavra)

Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. O romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando, porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.
Luis Fernando Veríssimo.   (via lettres-a-paris)

Depois, bem depois, vem o tempo e nos mostra a verdade como se fosse um passo de dança. Suave, intenso, inteiro. Ele vem e mostra. E aí a gente olha para trás e pergunta: porque não agi diferente? Porque você não tinha o conhecimento que tem hoje. Não tinha a maturidade deste momento. Não te culpa. Não me culpa. A gente não tem culpa.
Gabito Nunes.    (via sta-lker)

Ando um pouco assustada com a vida. As pessoas, por mais que eu não queira, vivem me surpreendendo. Algumas para o bem e outras para o mal. Sei que ninguém é santo nem demônio. Também sei que expectativas são apenas expectativas. Mas as pequenas decepções ocorrem diariamente, é inevitável. Eu decepciono, você decepciona, eles decepcionam. E assim a vida segue, um pouco decepcionada, mas com um tantinho de fé.
Clarissa Corrêa. (via nevarias)

Ah, amor, vem e me abraça. Não precisa de mais nada, não precisa de juras de amor, nem música ao fundo. Eu só preciso sentir o seu coração a intercalar suas batidas com as minhas e seu hálito fresco em meu pescoço, arrepiando-me os pelos. Preciso te sentir ao meu lado, pra que essa dor de saudade deixe o meu coração. Vem amor, vem e fica.
Manu Vieira.  (via nevarias)

Não sorri assim, desse jeitinho de quem quer carinho e chamego porque assim me entrego logo de uma vez por toda a ti. Me jogo nos teus braços e não vou querer mais soltar. Vou querer fazer de você meu abrigo e morada. Vou ser tua, e vou querer que seja reciproco, e se não for vai doer e não quero mais sofrer.
Alana Balbino. (via nevarias)

Certos namorados brigam dia sim, dia não. Na sexta se amam, no sábado se odeiam, no domingo fazem as pazes, na segunda prometem nunca mais se ver. São amores movido à adrenalina, que rendem bons versos e letras de música. Muito destes casais conseguem chegar ao altar e continuam entre tapas e beijos até as bodas de ouro. Brigam e voltam tantas, mas tantas vezes, que na verdade nunca chegam a se separar. Deixe que digam, que pensem, que falem. O amor é lindo.
Martha Medeiros   (via thiaramacedo)

Eu costumava ser um pouco mais feliz, hoje tá tudo meio ”tanto faz.”
Orquestrando. (via nobroke)

Ele me conta das meninas, eu conto dos caras. Eu acho engraçado quando ele fala “ah, enjoei, ela era meio sem assunto” e olha pra mim com saudade. Ele também ri quando eu digo “ah, ele não entendeu nada” e olho pra ele sabendo que ele também não entende, mas pelo menos não vai embora. Ou vai mas sempre volta. Mas meu melhor amigo é meu único amor. O único que consegui. Porque ele sempre volta. E meu coração fica calmo.
O Amor, Tati Bernardi.    (via garotaesuasfases)

Moça, olha só o que eu te escrevi: É preciso força pra sonhar e perceber que a estrada vai além do que se vê. Sei que a tua solidão lhe dói e que é difícil ser feliz. Mais do que somos todos nós, você supõe o céu. Sei que o vento que entortou a flor passou também por nosso lar e foi você quem desviou com golpes de pincel.
Los Hermanos.   (via nevarias)

Uma palavra e tudo está salvo, uma palavra e tudo está perdido.
André Breton   (via oxigenio-dapalavra)

Você é aquela musica que eu não escuto, mas também não apago.
Dear Nirvana. (via dearnirvana)

Maria era o desastre em pessoa. Tão desequilibrada que não conseguia ter uma vida reta. Tão caótica que não se entendia. Maria era a anarquia em pessoa. Tão inconstante que não sabia se murchava ou desabrochava. Tão volúvel que ninguém conseguia acompanhar suas mudanças e fases. Ela era tão intensa que não se contentava em se dar às metades, ou se entregava por inteiro ou não o fazia. Tão frágil que se despedaçava com um toque menos delicado. Maria era tão tantas coisas que não queria ser ela mesma.
Sarah Pedra. (via in-sufficiency)

@romanceais